quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Ouch!

Desde criança eu sempre quis quebrar alguma parte do corpo.
Qual é a criança que não acha isso, errr, "da hora"?
Todo mundo te bajulando, você é o centro das atenções, a galera faz fila pra assinar o teu gesso.
Infância acabou e eu não quebrei nada. Nem uma miserável unha.
A ironia da vida como sempre chegou, e daquele jeito que ela adora, cuspiu na minha cara e me deu esse presente.
Futebol. Dividida. Vôo. Queda. Braço. Crash. Já era o escafóide.

Bajulação? Nada. O ritmo é "te vira, fera".
Centro das atenções? Ah! Isso sim... você se torna o "idiota que conseguiu quebrar o braço no futebol!"
Galera assinando teu gesso? Bom, até rolava, mas em nome do profissionalismo, nada de gesso riscado, desenhado e assinado! Atender clientes com um gesso escrito "Wander Wilson Matador","Juscilene A Gata" ou o desenho do Goku soltando um Kame Hame Ha não pegaria bem!

Mas nada é tão chato quanto as limitações que o gesso te traz.
Não vejo a hora de tomar um banho sem um saco de lixo preso no braço.
Não sabia que o futebol me fazia tanta falta.
Escovar os dentes com a mão esquerda... que sacrifício!
Já tentou tirar a carteira do bolso, sem usar o dedão e com a mão com o dobro do tamanho?
Garfo e faca. Há um mês não uso isso direito. Deus abençoe quem inventou os biscoitos e qualquer outra coisa que você possa comer com a mão e uma ou duas bocadas!
Jogar vídeo game em alto nível é lenda.
Numa historinha de João e Maria, se eu fosse João não precisaria deixar rastro de pão ou pedrinhas... O gesso quebrado faz imundice suficiente.
Andar de moto é um problema.
A meteorologia passou de uma informação quase inútil, para uma necessidade básica.
E ainda tem os problemas para dormir, se vestir e tudo mais.

Por isso, criança que lê esse blog:
Tire esse idéia furada da cabeça! Não quebre nada, NUNCA!

E se, ainda assim, quiser quebrar, aproveite a infância.
Sua mãe pode te dar banho e comidinha na boca...

5 comentário(s):

Ásbel disse...

eu nunca quis quebrar nada Oo'
só vc q, eu conheça... hauahuahau

Larii disse...

que dó! UEHAUHEIUAOHOEIUHAIEH
te viira, fera :p

Larii disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Juh Fitaroni disse...

Coitado!!

Você tem mesmo que tirar o gesso enquanto não chove todos os dias!!

Mas é a vida!!

Bem vindo à independência!

Lah Fitaroni disse...

Coitado!!

Eu sei o que é isto!!!

Já estava craque em comer com a mão esquerda!!

Mas tudo passa!!

Um dia vai lembrar disto e falar: - Que tempo difícil... Mas ainda bem que passou!!

O gesso é necessário!!

Aguente firme!!

Bjus... =)