domingo, 2 de agosto de 2009

Que nojo! Esgotos fantásticos para 3D&T

A primeira edição da Iniciativa 3D&T foi muito boa, muitos blogs participaram e vários outros viram e decidiram se juntar, além dos leitores, claro. Não vi nenhuma crítica negativa, mas muitas positivas, então só posso crer que a coisa foi bem recebida.
Agora, na segunda edição da Iniciativa, o tema é Cidades e a Elf's Lair vai falar sobre que fica em baixo delas: os esgotos, cheios de tubulações parecidas com labirintos, canos nojentos, monstros fétidos, pestes e lixo urbano!
Então calce sua bota de borracha, coloque um lenço no rosto e prepare-se para pisar na m&#%@, porque a coisa vai feder ( que piada infâme)!

Esgotos
Sistemas de esgotos, embora pareçam coisas modernas, são mais velhos do que você imagina. Os primeiros surgiram em Harppa, uma cidade que floreceu há mais de 4 mil anos e que hoje fica no território do Paquistão. Cidades sumérias e gregas também tinham esgotos, mas o sistema de saneamento antigo mais famoso que existe é o da Roma antiga. Não vou dar detalhes nem explicar como funcionava, qualquer pesquisa rápida na internet pode responder esse tipo de coisa, sintam-se livres para pesquisar e aprender mais sobre história.
Grandes cidades tem sistemas de saneamento básico: entrega de água limpa e retirada de água suja de casas, geralmente por tubulações subterrâneas (mas não só assim; poços públicos e sistemas de entrega à domicílio também são exemplos de saneamento). Nesse tipo de sistema, pegam a água de um lago ou rio (provavelmente passando em uma parte mais alta que a cidade) e canalizam todo ele ou uma parte para ser distribuída entre as casas e um segundo sistema encaminha essa água para um segundo rio (lago, pântano, mar) que esteja em uma menor altitude que a cidade.

Labirintos
Um sistema de esgoto padrão passa canos por toda a cidade e encaminha essa água para reservatórios onde a água espera ser liberada para o próximo nível, afinal, ninguém quer que a coisa saia do previsto e água suja comece a sair por pelos bueiros, alagando toda a cidade. Depois de cada reservatório existe um segundo grupo de labirintos de dutos, coletando água dos reservatórios e levando à um novo reservatório maior. Isso de armazenar antes de passar a um segundo nível pode perdurar por muitos níveis. No final, essa água é encaminhada para uma série de tanques para tratamento antes da água ser despejada de volta para a natureza (em muitos casos, não existe tratamento algum).
Esse sistema de canos, muitas vezes se parece com um labirinto, indo e vindo de acordo com a lógica dos engenheiros, mas sem nenhum lógica para aventureiros que por algum motivo se encontram por lá.
Não vou dar mapas prontos de labirintos aqui, o mestre pode procurar labirintos na internet ou criar ele mesmo um labirinto atrativo. Aliás, a própria aventura e as ideias dos jogadores podem ajudar a construir labirintos, que podem ser secretamente alterados de acordo com o ritmo do jogo.

O que tem lá?
A primeira coisa que vem à mente são monstros. Esgotos são infestados de toda a sorte de animais. Pode ser muito legal usar versões atrozes/gigantes/selvagens dos animais. Eles também podem aparecer como versões ainda mais monstruosas, de acordo com as regras de monstros apresentadas no Manual Alpha.
Esgotos são infestados de ratos, morcegos, lagartos, anfíbios, baratas, lacraias, besouros e outros tipos de animais nojentos e que gostam de umidade ou escuro. Além disso muitos monstros nojentos habitam os esgotos, como monstros de limo, slimes e outros seres gosmentos.
Um esgoto também pode ser a habitação de seres inteligentes, morando lá pelos mais diversos motivos: seres fugindo do preconceito da sociedade, uma guilda de ladrões que usa o esgostos para entrar sorrateiramente nos lugares, cultistas de um deus malígno, goblinóides e até mesmo trolls podem habitar os labirintos.
Algumas cidades têm cemitérios dentro de seu perímetro urbano e outras foram erguidas sobre cemitérios de antigos povos, por isso fantasmas e outros tipos de mortos-vivos também assombram os túneis de esgoto, mas, em geral, só próximo de sua morada.
Caso o mestre necessite de um montro mais poderoso ainda, como um big boss ou um chefe de fase, uma sujestão é usar um dragão negro, seja um filhote ou um ancião, que habita uma grande câmara no esgoto e coleta itens e tesouros que caem no esgoto.

Ganchos
Esgotos também povoam muitas histórias, lendas e até alguns jogos da nossa cultura: quantos filmes você já viu onde os heróis devem, por algum motivo, andar no esgoto? No MMORPG Ragnarök uma das maneiras mais fáceis de evoluir um personagem principiante é em missões de controlar pestes nos esgotos. No gibis dos X-Men, os esgotos são o lar dos morlocks, mutantes deformados que sofrem perseguição e preconceito das pessoas comuns. Além de tudo, é o lar-doce-lar das Tartarugas Ninjas¹. E quem nunca ouviu sobre a lenda dos aligatorsno esgoto de Nova Iorque? Além disso, nada impede de interpretarmos como sendo esgotos os túneis capaz de por em liberdade as pessoas presas na bênção-maldição de Triunphus.
Sempre existem muitos ganchos e ideias para utilizar esgotos em seus jogos, mundos selvagens, masmorras e labirintos embaixo da própria cidade e importantes para ela!
Outras ideias de ganchos para levar os personagens a se meterem no meio de esgotos são:
  • Os heróis foram conratados pela vigiláncia sanitária da cidade para exterminarem uma praga que está crescendo nos esgotos.
  • Foram contratados para servirem como guarda-costas, seja pela vigiláncia sanitária ou por outra pessoa com interesse em descer lá.
  • Foram enviados para resgatar um item precioso que caiu em um bueiro ou então foi roubado por alguém que se esconde nos túneis de esgoto.
  • Foram contratados para resgatar um refém e/ou acabar com uma guilda de ladrões ou algum outro grupo que abite por lá.
Enfim, esgotos tem diversos motivos para serem usados em uma trama dentro de uma cidade: uma verdadeira masmorra (no sentido genérico da palavra) cheia de labirínto, monstros e inimigos a serem vencidos e, o melhor de tudo, bem embaixo dos pés de toda a cidade.

PS: Não coloquei mapas porque seria muito trabalhoso fazer todo um esqe só para servir de exemplo, á que cada cidade tem suas características e merece um mapa em particular. Também não coloquei nenhuma ficha de inimigos, monstros ou animais porque todos os inimigos citados são genéricos e podem ser encontrados aos montes em materiais oficiais ou não.

Espero que tenham gostado. Daqui quinze dias tem mais, mas, enquanto isso, visite nossos parceiros na Iniciativa 3D&T :

3D&T Online
Ainda Não Tenho Blog!
Dados Limpos
Doomsday Top Team
Inominattus
Masmorra Descuidada
Non Plus RPG
Os arquivos perdidos d’O Anjo de Rocha
Paragons
Revista Acerto Crítico
Rodapé do Horizonte
Taverna do Urubu Rosa

Nota:
¹ Santa tartaruga! Como eu pude esquecer disso? Valeu Dri!

3 comentário(s):

adriel disse...

Falou de esgoto e não citou os Tartarugas Ninja.
Qual o próximo post Gotham City sem o Batman? NY sem o amigão da vizinhança? Um deserto sem o Papaléguas e o Coyote? Piupiu sem frajola? Sou eu assim sem você... :x

JUNIM disse...

...namoro sem amaço, 1 real e a coxinha na feira, EUA sem Obama, 9 dedos sem o lula e por aih vai....
que freud...
bola fora, tststs!!!
eo pior q eu nem li o post

O Anjo de Rocha disse...

Pronto pra invadir os esgotos de Ciela? Aposto que aquela tal Ehläria está lá!

Falando nisso, o Marlon está reconvocando o pessoal da campanha, enfim vamos continuá-la.

E para os que passam aqui no... hã... covil do elfo (é isso mesmo? Deve ser um elfo necromante de Eberron!), a página da campanha online aqui citada é http://tormentarpg.multiply.com.