sábado, 15 de agosto de 2009

Barcos Voadores para 3D&T

Bem vindos à terceira quinzena da Iniciativa 3D&T. Para essa quinzena o tema é Tecnomagia: o casamento entre a tecnologia e a magia e a Elf’s Lair vai trazer a vocês os incríveis barcos voadores que povoam a imaginação e os jogos de vídeo-game. Em primeiro lugar vamos falar dos Airships da série Final Fantasy e depois vamos falar brevemente sobre os Sandfliers, presentes na série Breath of Fire, tudo com regras de criação, pilotagem, dicas, customizações e muito mais. Caso queiram mais inspiração para barcos voadores, vejam também aqueles encontrados no mangá/MMORPG Ragnarök, no livro/filme Stardust, além de ser legal perceber a clara diferença entre os Airships clássicos de Final Fantasy (como os do 4º game) e as versões diferenciadas, como do 12º Final Fantasy. Agora chega de enrolações, cavalheiros; vamos içar as velas e recolher a âncora, porque nós vamos partir!

Airships
Airships são, em suma, enormes navios voadores. Suas habilidades de vôo podem ser atribuídas a meios mágicos, tecnológicos ou então uma mistura de ambos: por meio de tecnomagia. Ele pode levantar vôo por muitos mecanismos: através de um grande balão de gás, através de turbinas, asas, hélices, velas ou por meios estritamente mágicos. Seu controle é geralmente feito através de um timão e por diversos outros mecanismos de um barco normal e sua arquitetura também é praticamente idêntica.
Um Airship tem uma ficha normal de personagem, mas sua Habilidade é sempre igual a zero, e seu dano pertence à escala de poder Sugoi.

Pilotando
Para pilotar um Airship é necessário possuir pelo menos um desses três pré-requisitos: Conhecimento mágico (pelo menos um caminho), a perícia Máquina/especialização Pilotagem ou a vantagem Genialidade. Caso o personagem não tenha nenhum desses pré-requisitos ele não é capaz de pilotar um Airship de maneira alguma. Possuir mais de um dos pré-requisitos concede um bônus de +1 em Habilidade. Ao pilotá-lo é levado em conta a Habilidade do piloto e se locomove de acordo com as regras da vantagem Vôo, mas 10 vezes mais rápido. Um personagem com a desvantagem Interferência Mágica não é capaz de pilotar um Airship.
Para pilotar um Airship também é necessário um mínimo de 3 tripulante auxiliando o piloto. Caso um tripulante tenha que dormir, comer ou lutar, um outro tripulante precisa entrar em seu lugar. Caso falte um ou mais tripulantes, o piloto (ou o mestre) deverá jogar um dado: se o resultado for 5 ou 6 o capitão do navio receberá um redutor de H -1 por cada tripulante a menos.
Usar vantagens também consome PMs. Para recarregar os PMs é necessário abastecer a nave daquilo que ela consome: isso pode ser algo como carvão, gases especiais, esferas de mana, gasolina de aviação ou qualquer outra coisa decidida durante a fabricação do Airship. Geralmente isso custa de 10 a 20 vezes mais o custo normal de uma alimentação capaz de curar os PMs de uma pessoa. Consertar um Airship segue as mesmas regras de Reparos para construtos (encontradas no Manual na descrição da vantagem única Construto). Personagens que possuam conhecimentos mágicos ganham +1 no teste de Habilidade para concertar e personagens com a desvantagem Interferência Mágica ou algo similar não podem concertá-lo.
A capacidade de um Airship pode ser medida em quadrantes, sendo que ele possui 20 quadrantes por ponto de Força. Cada quadrante é um espaço mínimo para uma pessoa permanecer confortavelmente e se locomover ou então pode ser usado para empilhar até 200 kg de carga. O capitão do Airship possui um quadrante adicional que não é contado nesse total. Airships tem 20 quadrantes por ponto de Força por pertencerem à escala Sugoi, caso o mestre construa ou permita a construção de um Airship em uma escala maior, o número de quadrantes também será multiplicado.

Construindo
Para construir um Airship é necessário que o engenheiro chefe do estaleiro possua uma habilidade mágica (conhecer pelo menos um caminho mágico) e a Perícia Máquina/especialização Engenharia. Caso ele já possua anteriormente (então não adianta comprar durante a construção) as vantagens Genialidade ou Alquimista, o custo de construção diminui em 10 PEs para cada uma (diminuindo também o tempo de construção). A construção de um Airship demora 1 dia por PE exigido e custa a pontuação normal em PEs.
Um Airship pode ter até 5 pontos em qualquer característica, menos em Habilidade (lembrando que cada ponto custa 10 PEs). Ele deve comprar obrigatoriamente a vantagem Vôo (20 PEs) e gasta 1 PM para voar por 12 horas. Ao construir um Airship também é preciso comprar obrigatóriamente a vantagem única Airship, que custa 30 PEs.
Na construção de um Airship pode-se escolher comprar opcionalmente as vantagens Aceleração, Área de Batalha (por 3 pontos), Armadura Extra, Ataque Especial, Ataque Múltiplo, Boa Fama (porque não?), Deflexão, Energia Vital, Forma Alternativa (por 4 pontos: isso é um Airship, não um Transformer), Inimigo, Invisibilidade, Membros Extras (na verdade seria um armamento extra), Paralisia, Pontos de Magia Extras, Pontos de Vida Extras, Reflexão, Tiro Carregável e Tiro Múltiplo.
Também são opcionais as desvantagens Fetiche (o capitão necessita do mesmo para pilotar), Interferência, Interferência Mágica, Má Fama, Maldição (algo como um navio mal assombrado onde aparecem fantasmas o tempo todo assombrando e atrapalhando a tripulação), Monstruoso (o navio tem uma forma assustadora e assusta quaisquer pessoas que o verem, sendo penoso para os tripulantes e ao capitão aportarem em áreas civilizadas), Poder Vergonhoso, Poder Vingativo, Ponto Fraco e Restrição de Poder.
Além dessas, existem outras vantagens e desvantagens especiais que podem ser compradas pelo engenheiro chefe durante a fabricação de um Airship:
  • Controle Fácil (10 PEs): Não é necessário uma tripulação para auxiliar o capitão durante a pilotagem de um Airship, ignorando essa regra. 
  • Mecanismos Simples (20 PEs): Qualquer personagem pode pilotar um Airship, mesmo sem as perícias e conhecimentos necessários. Mesmo assim, personagens com Modelo Especial ou Inculto não podem pilotar. 
  • Reserva de Ar (10 PEs): O Airship possui uma gema mágica do caminho do ar, uma cobertura de vidro temperado ou algo especial que a permite viajar para o espaço sideral ou para o fundo do mar. Essa reserva de oxigênio consome 1 PM a cada doze horas.
  • Espaçoso (10 PEs): O Airship pode transportar o dobro da carga normal, ou seja, tem 40 quadrantes por ponto de Força. 
  • Leve (20 PEs): O Airship é mais leve que o normal e por isso gasta apenas 1 PM para cada 24 horas de vôo. Essa vantagem não interfere na velocidade do mesmo. 
  • Pesado (-10 PEs): O Airship é mais pesado que o normal e por isso gasta 1 PM para cada 6 horas de vôo. Essa desvantagem não interfere na velocidade do mesmo. 
  • Pequeno (-10 PEs): O Airship tem menos espaço que o normal e por isso só pode transportar a metade de um Airship normal, ou seja, tem 10 quadrantes por ponto de Força. 
  • Combustível Caro (-30 PEs): O Airship consome uma rara fonte de energia para voar, como cristais mágicos, barras de urânio ou qualquer outra coisa mais que seja de 100 a 500 vezes mais cara que o custo para alimentar um ser humano normal. 
  • Modelo Especial (-10 PEs): O Airship foi projetado para ser pilotado por capitães de uma constituição física diferente do modelo humanóide normal, como seres cheios de tentáculos, pixies do tamanho de polegares, baixinhos (como anões e halflings) entre outros. Ao comprar essa desvantagem o engenheiro chefe deve definir para qual modelo o timão foi projetado e quaisquer personagens de modelo normal ou um modelo especial diferente não podem pilotá-lo. 

Sandfliers 
Esses veículos existem na série Breath of Fire, o 4º jogo começa mostrando alguns protagonistas em um desses. Lembra um pequeno barco e, diferentemente dos Airships, eles não voam, apenas flutam alguns centímentros, deslizando sobre o chão. No jogo eles são usados para se locomover sobre grandes desertos arenosos, mas nada impede de serem usados em outros tipos de terrenos, desde que não sejam muito acidentados, pois o Sandflier sente as ondulações do terreno. Um Sandflier não pode voar sobre a água.
Um Sandflier pertence à escala de poder Ningen e deve, obrigatóriamente comprar a vantagem única Sandflier, que custa -10 PEs. Ele segue as mesmas regras de costrução que um Airship, podendo comprar as mesmas vantagens e desvantagens permitidas para um Airship, bem como as vantagens especiais apresentadas aqui. Também existem outras vantagens especiais para Sandfliers, que serão apresentadas logo mais.
Qualquer personagem pode pilotar um Sandflier, desde que não possua a desvantagem Interferência Mágica, mas possuir a perícia Máquinas/especialização Pilotagem ou Genialidade concede (cada uma) um bonus de H+1. Sandfliers têm apenas 2 quadrantes por ponto em Força (lembrando que o Piloto tem um quadrante extra).
Vantagens extras para um Sandflier:
  • Vôo (20 PEs): Na verdade é a mesma vantagem apresentada no Manual. Um Sandflier pode comprá-la normalmente e se comportar como se fosse um Airship em menor escala. 
  • Aquaplanagem (5 PEs): O Sandflier pode planar sobre a água da mesma forma que sobre a terra seca. 
Além da tecnomagia 
Embora o nosso tema seja sobre tecnomagia, podem existir Airships que não necessitem de magia, se locomovendo apenas com mecanismos de engenharia avançada, ou então sejam construídos apenas dela. Eles seguem basicamente as mesmas regras de um Airship normal, com pequenas diferenças:

Sem magia 
Um Aiship totalmente mecânico só pode ser pilotado apenas por personagens que possuam Genialidade ou a perícia Máquinas/especialização Pilotagem. Pode ser construído apenas por personagens que possuam a vantagem Genialidade e a perícia Máquinas/especialização Engenharia (as duas, pois esse tipo de conhecimento é muito raro em mundos de fantasia como Arton). Esse tipo de Airships podem ser concertados e pilotados por personagens com Interferência Mágica sem nenhum problema.

Sem tecnologia 
Um Airship sem mecanísmos e totalmente movido por magia só pode ser pilotado por pesonagens que tenham conhecimento mágico (capaz de lançar magias em pelo menos um caminho) e esse tipo de Airship só pode ser construído por personagens que tenham conhecimento mágico e Alquimia (os dois, obrigatóriamente). Um personagem com a vantagem Arcano recebe bônus de H+1 ao pilotar um Airship de natureza totalmente mágica. Para oncertar um Airship mágico é necessa´rio ter conhecimentos mágicos e Alquimia concede um bônus de H+1. Não é necessário ter perícia Máquina, a menos que o mestre deseje.

Skywalker 
F2 H0 R2 A2 PdF 1 
Vôo, Aceleração, Ataque Especial, Boa Fama, Controle Fácil e Espaçoso. 
Esse Airship custou 160 PEs, pois seu construtor, Sid, tem a vantagem Genialidade e economizou 10 PEs por isso. Ele demorou mais de 5 meses (160 dias) para construir seu navio voador. Ele pode tem 80 quadrantes disponíveis, podendo transportar até 1,6 toneladas de mercadoria por viagem (mas assim não teria espaço para tripulantes).
O Skywalker foi construído totalmente com a madeira especial de Tolon por um engenheiro que é conhecido apenas como Sid (F1, H2, R1, A1 PdF 0, Genialidade, Magia Elemental, Ataque Múltiplo e a Perícia Máquinas). Sid também é o capitão do navio voador, e usa-o para transportar mercadorias e pessoas entre grandes cidades do reinado e a cidade voadora de Vectora. Ele também pode acompanhar com seu navio grupos de aventureiros em missões especiais (por um preço justo, claro) e também vive suas próprias aventuras (as quais podem ser necessária a companhia de aventureiros especializados).

---
É isso aí, o monte de regras para montar seus próprios barcos voadores em suas aventuras de 3D&T. Se o mestre quiser simplificar algumas regras ou ignorar outras (como aquela coisa de quadrantes), sinta-se a vontade em fazê-lo.

Outros blogs da Iniciativa 3D&T :

3D&T Online
Ainda Não Tenho Blog!
Dados Limpos
Doomsday Top Team
Inominattus
Masmorra Descuidada
Non Plus RPG
Os arquivos perdidos d’O Anjo de Rocha
Paragons
Revista Acerto Crítico
Rodapé do Horizonte
Taverna do Urubu Rosa

3 comentário(s):

O Anjo de Rocha disse...

Fala Ásbel! Saque rápido em Tecnomagia, hein? Primeiro a postar! =D

Muito massa o artigo! Adoro airships, embora conheça-os por outras fontes, como Eberron, e minhas favoritas, as Naus dos Céus de Mago: a Cruzada dos Feiticeiros!

Só agora eu venho conhecendo outras fontes deles, como FFIV por exemplo.

Valeu!

Ásbel disse...

poxa.. conheço Eberron só superficialmente e não conheço esse Cruzada dos Feiticeiros... mas vou pesquisar mais sobre os dois.. =D

1212 disse...

Adorei mano. Vou usar os Airships em Arton de minha campanha... Vai ser massa. Podia dar continuidade postando outros Flagelos Alados.